O melhor dos quatro grandes?





























Com a indiscutível alta performance do São Paulo na primeira etapa, o jogo foi bem controlado pelo tricolor paulista. Logo após boa jogada trabalhada, o centroavante Pablo, cruza para a entrada da pequena área e encontra Alexandre Pato, que aos 9’ minutos de jogo, empurra para a rede adversária.
Mesmo com a dominância dentro de campo, a dificuldade em fazer gols era nítida pela parte do São Paulo. Com boa atuação de Ivan, goleiro alvinegro, o ataque tricolor parou muitas vezes na luva do guarda redes. Aos 46 minutos do primeiro tempo, Vitor Bueno dá belo passe de calcanhar para Reinaldo, que fora da área, mandou um “canudo” no ângulo esquerdo de Ivan.
Na segunda etapa, com substituição contestada de Jorginho, a Ponte Preta ficou ainda mais defensiva com a entrada de Jeferson (zagueiro), no lugar do meio-campista Danrley. O tricolor paulista, preocupado com sua estreia na Libertadores esta semana, contra o Binacional, colocou o pé no freio. Aquilo que foi mostrado na primeira etapa já não se via mais (toques de bola, marcação alta, etc.).  
Contudo, com um jogo mais “truncado” e marcação forte, Yuri, zagueiro pontepretano recebeu seu segundo cartão amarelo no começo do segundo tempo. Muito por conta da atitude de Fernando Diniz de desacelerar o time, a Ponte Preta ainda assim com 10 (dez) jogadores, conseguiu diminuir o jogo com gol de Dawhan, na metade da segunda etapa, mas nada adiantou de evitar a derrota.
Logo após o fim do jogo, Volpi não esconde o descontentamento da atitude do time no segundo tempo: “O maior erro da nossa equipe hoje, foi abaixar o ritmo no segundo terço do jogo, e fazer com que a Ponte Preta viesse pra cima com um jogador a menos.” Relata o goleiro.

O São Paulo volta a campo na próxima quinta-feira (05) para enfrentar o Binacional, na Libertadores, no Peru. O jogo será às 21:00 no horário de Brasília.
A Ponte Preta recebe o Bragantino-SP na 9ª (nona) rodada do Paulistão, dia 09/03 às 20:00 no Moisés Lucarelli.

Postar um comentário

0 Comentários