Corinthians deixa de pagar conta de luz e sede do Parque São Jorge tem energia cortada



A sede social do Corinthians, Parque São Jorge, localizada no bairro do Tatuapé na zona leste de São Paulo, teve sua energia cortada neste fim de semana. Em comunicado oficial, o clube alegou um erro interno por conta do home office adotado em meio à pandemia, e o pagamento do mês de março não aconteceu.

O Timão divulgou uma nota oficial em seu site explicando a situação, afirmando que o não pagamento não tem a ver com falta de verba, e sim um problema causado pela rotina de rodízio dos funcionários no home office. O fornecimento de energia deve ser normalizado na próxima segunda-feira (27).


Confira a nota oficial publicada:

“O Sport Club Corinthians Paulista informa que em virtude da mudança na rotina de trabalho em home office devido à pandemia do Covid-19 houve um erro em função do rodízio de funcionários e foi suspenso o fornecimento de energia da sua sede. As tratativas com a Enel distribuidora foram encaminhadas na última sexta-feira (24), e o serviço deverá ser restabelecido na próxima segunda-feira (27)”.

O clube está fechado para os sócios desde o dia 18 de março, para evitar aglomerações durante a pandemia. No início de abril, o Corinthians deu 20 dias de férias para maioria dos funcionários da sede social e da Arena, mantendo somente alguns setores em home office.

Postar um comentário

0 Comentários