Ex-goleiro do São Paulo, Denis afirma que se arrepende de não ter saído do clube mais cedo


Por muitos anos sendo reserva de Rogério Ceni, Denis atualmente está defendendo o Gil Vicente, de Portugal e afirmou que se arrepende de não ter saído mais cedo do Tricolor paulista. Convidado do SportsCenter de hoje (24), o goleiro afirmou que se não tivesse passado tanto tempo no São Paulo, teria uma carreira diferente.

“Nesses nove anos de São Paulo, apareceram sim algumas propostas. (...) Eu estava num grande clube, com perspectiva de ser titular, então, era difícil decidir por uma saída. Hoje, é difícil falar. Por tudo que aconteceu, até me arrependo um pouco de não ter saído antes. Acho que, se eu tivesse saído do São Paulo, a minha história seria totalmente diferente. As pessoas lembrariam só das coisas boas que aconteceram. Então, hoje, eu me arrependo um pouco de não ter saído antes, mas volto a dizer que tudo que eu passei no São Paulo foi como aprendizado e tenho um carinho muito grande pelo clube”, disse Denis.

Como dito pelo atleta, Denis passou nove anos defendendo as redes do Soberano e carregava um peso enorme por ser substituto de um dos maiores ídolos do time, portanto, era sempre alvo de críticas quando atuava em campo. Porém, não escondeu seu carinho pelo ex-clube.

“Eu tenho uma gratidão muito grande pelo São Paulo. Foram nove anos dentro de um dos maiores clubes do Brasil. Fico muito feliz em fazer um pouco parte da história do São Paulo. O São Paulo faz parte da minha vida. Não tem como não falar do Denis jogador e não citar o São Paulo. (...) Lógico que eu tive alguns erros, eu assumo isso, mas eu acho que foi um pouco exagerado na época, e é muito pouco falado dos acertos”, concluiu.

Postar um comentário

0 Comentários