Ídolo dos Pacers, Reggie Miller afirma que “daria um soco” se encontrasse Michael Jordan



Uma das maiores figuras do Indiana Pacers, Reggie Miller nunca teve um clima amistoso com o melhor jogador de todos os tempos. Com o documentário em alta sobre carreira de Michael Jordan (Arremesso Final), o ídolo dos Pacers afirmou que “daria um soco” no ex-jogador do Bulls.
“Se eu o encontrasse hoje, provavelmente lhe daria um soco”, afirmou ao programa de rádio de Dan Patrick.
O rancor de Reggie tem como consequência dos duelos entre Pacers e Bulls na década de 90. Na temporada de 1993, os dois jogadores chegaram a brigar com socos durante um jogo. Fora das quadras as provocações eram de formas excessivas.
A série “Arremesso Final” se encontra na Netflix e retrata a carreira de Michael Jordan nas temporadas de 1997-98.
Miller, hoje, está com 57 anos e jogou pela franquia de Indiana de 1987 até 2005.

Postar um comentário

0 Comentários