Lateral-direito do Manchester City teria feito uma "festa sexual" com prostitutas durante quarentena



Em meio à pandemia do novo coronavírus, muitos dos jogadores estão sendo “vigiados” em suas condutas, e Kyle Walker não passou em branco. Segundo informações do jornal britânico “Mirror”, o jogador do Manchester City teria organizado uma orgia com duas prostituas durante o período de isolamento social, devido à crise da Covid-19.
Além das informações, Mirror apontou que antes do ato, o jogador pediu para que seus seguidores cumprissem as indicações de quarentena e de isolamento social.
Kyle Walker publicou um vídeo no último sábado (4) realizando um pedido de desculpas: “Eu quero pedir desculpas pelas escolhas que eu fiz na última semana. Eu entendo que minha posição como jogador de futebol profissional traz a responsabilidade de ser um modelo de comportamento. Por isso, peço desculpas à minha família, amigos, ao clube que eu defendo, aos torcedores e a qualquer um que eu decepcionei”.
Em nota oficial do clube, o City afirmou que “está desapontado com as alegações, tomou nota do pedido de desculpas e procederá com um procedimento de disciplinas internas nos próximos dias”; ainda não se sabe se o jogador poderá sofrer algum tipo de punição da Premier League.




Fonte: UOL Esporte – Esporte Interativo

Postar um comentário

0 Comentários