Secretário-geral da CBF afirma que entidade deseja manter o Brasileirão por pontos corridos



Walter Feldman, secretário-geral da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), foi o convidado desta quarta-feira (8) no Jogo Aberto. Feldman conversou de forma específica, a situação dos campeonatos em meio à pandemia do novo coronavírus.
A primeira rodada do Campeonato Brasileiro estava prevista para os dias 2, 3 e 4 de maio, mas o vírus obrigou a CBF mudar seu calendário. Walter Feldman afirmou que o plano é manter o formato do Brasileirão, com o mesmo número de rodadas, 38. Em relação aos estaduais, o secretário-geral disse que visa concluir os campeonatos.
“Nós queremos a Copa do Brasil mata-mata. Nós queremos o Brasileirão pontos corridos e, se possível, com todas as rodadas existentes e previamente analisadas e lançadas no início da temporada”. Disse Walter Feldman no programa do Jogo Aberto.
Em relação aos campeonatos estaduais, o representante da Confederação Brasileira de Futebol deu a seguinte declaração: “O presidente Rogério Caboclo, inclusive, fez uma declaração na reunião da Comissão Nacional de Clubes, composta por todos os clubes das divisões profissionais dos campeonatos brasileiros, e disse categoricamente que o desejo, neste momento, é concluir os campeonatos que se iniciaram e iniciar os campeonatos que ainda estão previstos no nosso calendário original.”
“É evidente que isso só vai acontecer na medida que tenhamos autorização das autoridades públicas de saúde, mas o presidente Rogério disse de maneira clara: a partir da autorização, seja de maneira plena, seja de maneira parcial, eventualmente com portões fechados, será o primeiro dia neste novo calendário.” Concluiu o secretário-geral.



Fonte: UOL Esporte




Postar um comentário

0 Comentários