Rivais de São Paulo se alinham e decidem esperar por sinal verde dos agentes da Saúde



Em uma videoconferência nesta terça-feira (26), presidentes de Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo se reuniram para debater sobre uma possível retomada às atividades em seus respectivos Centros de Treinamento (CT). Participou também, Reinaldo Carneiro Bastos, presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF).

A decisão tomada é de esperar um sinal verde das autoridades sanitárias para retornarem aos treinos presenciais. Os quatro grandes também querem fazer testes em massa para a Covid-19, antes do retorno.

Segundo o Globo Esporte, Maurício Galiotte foi o primeiro a se posicionar na reunião virtual: “O Palmeiras não vai falar em datas. Vidas são mais importantes”, disparou.

A quarentena no estado de São Paulo vai até este domingo (31). João Doria, juntamente com o prefeito Bruno Covas, seus secretários e agentes da Saúde, decidirão a prolongação do prazo ainda esta semana. Em entrevista, o governador fez referência à uma possível “quarentena inteligente”, adequada para a situação de cada região do estado.

Postar um comentário

0 Comentários