Colin Kaepernick diz que pagará por advogados dos manifestantes no caso George Floyd



Em seu perfil oficial do Twitter, o ex-quarterback do San Francisco 49ers, Colin Kaepernick afirmou que irá pagar pela defesa dos manifestantes que foram às ruas nos últimos dias, revoltados com o caso de George Floyd. O financiamento sairá da instituição “Know Your Rights Camp”, criada pelo próprio atleta a fim de conscientizar a juventude negra.

“Na luta pela libertação, sempre há retaliação. Nós devemos proteger nossos combatentes da liberdade. Iniciamos uma iniciativa de defesa legal para dar representação legal aos combatentes da liberdade em Minneapolis pagos por @YourRightsCamp”, afirmou no post.

George Floyd, um homem negro de 46 anos, foi assassinado no início desta semana após ter sido brutalmente sufocado por um policial branco, que se ajoelhou no pescoço de George - mesmo deitado e detido. Em vídeos gravados pelos civis que flagraram a situação, mostram Floyd sendo imobilizado durante 8 minutos e 46 segundos e com o pescoço sendo pressionado.

Por conta do racismo cometido, a população de Minnesota, estado onde ocorreu a morte, foi às ruas e manifestou sua raiva invadindo delegacias e queimando-as.


Confira a postagem:

Postar um comentário

0 Comentários