Cássio exalta Tiago Nunes e diz que o lugar do Corinthians é conquistando títulos


Uma das figuras mais importantes da década vitoriosa do Corinthians, Cássio, enalteceu a filosofia de trabalho do Tiago Nunes em entrevista à ESPN, mesmo com os reveses no início da temporada. O goleiro ainda disse estar ciente dos maus resultados, mas afirma que isso não é motivo para os adversários desrespeitarem quando jogarem na Arena.

“Nós temos que trabalhar. Os resultados não são tão bons. Mas não é por isso que os times vão jogar na nossa casa sem nos respeitar. Estamos conscientes de que os resultados não vêm, às vezes por detalhes, às vezes por excesso de vontade. Temos que ser inteligentes agora, aprender, evoluir, voltar com força, mirar títulos e conquistas. Este é o lugar do Corinthians”, disparou no programa SportsCenter de hoje.

O guarda-redes alvinegro também comentou sobre a cartilha do Tiago, assim que o técnico chegou no clube foi atribuída uma série de regulamentos e obrigações. Cássio disse que foi favorável à ideia porque na Europa é algo comum e concluiu que o futebol nacional está atrasado quanto a isso.

“Por todo aprendizado que eu tive com os líderes que estavam no Corinthians quando eu cheguei, o mínimo que eu posso fazer agora é demonstrar liderança. O que eu puder fazer pelo Corinthians dentro e fora de campo pelo clube, eu vou fazer porque sou muito grato. Essa questão da cartilha foi engraçada porque é comum para quem joga fora do país. Isso é mais para os jogadores novos. Acho que estamos atrasados no Brasil em relação a isso. Acho que foi uma coisa legal que o Tiago criou, mas criou um pouco mais de assunto do que deveria”, apontou.

Sobre o desenvolvimento em jogar com os pés, o capitão corintiano deu méritos ao Tiago Nunes e à intensidade dos treinamentos.

“O que tem me ajudado muito hoje é a repetição. O Tiago Nunes tem desenvolvido isso. Os jogadores sempre passam a bola pra mim e eu desenvolvi confiança. No começo, eu ficava nervoso, mas agora, eu até quero que os jogadores toquem para mim, para eu poder participar do jogo” concluiu.






Fonte: UOL Esporte

Postar um comentário

0 Comentários