Giannis vai em manifestação e lidera pelo megafone: “Não quero que meu filho tenha ódio no coração”


Giannis Antetokounmpo, melhor jogador da NBA na temporada passada, participou de um ato antirracista no sábado (06), na cidade de Milwaukee. Thanasis, irmão de Giannis, também esteve no protesto. Os Estados Unidos estão tomados por manifestações por conta da morte do segurança George Floyd, homem negro de 46 anos assassinado em uma abordagem truculenta de Derek Chauvin, um policial branco da cidade de Minneapolis.

No megafone, o grego pediu justiça e mais segurança nas ruas norte-americanas.

“Essa é a nossa cidade, temos que vir aqui e apoiar. Queremos mudança, queremos justiça, e é por isso que estamos aqui. É por isso que vou marchar com vocês. Quero que meus filhos cresçam em Milwaukee e não tenham medo de andar nas ruas. Não quero que meu filho tenha ódio no coração”, afirmou.

Além do astro dos Bucks e Thanasis Antetokounmpo, outros jogadores participaram da manifestação, como Sterling Brown, Donte DiVincenzo, Frank Mason e Brook Lopez. Todos usavam uma camiseta escrito “I can’t breathe” (não consigo respirar), frase dita por Floyd durante toda a ação de brutalidade.
 
 

Postar um comentário

0 Comentários