Doria afirma que clubes de São Paulo não podem começar o Brasileirão antes do término do Paulista


O governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou em entrevista coletiva nesta segunda-feira (06) que os clubes paulistas não podem iniciar o Campeonato Brasileiro 2020 antes do término do Paulistão.

“Se não me engano, faltam três rodadas para concluir o campeonato estadual, os times de São Paulo não podem participar do Campeonato Brasileiro”, disparou.

Na verdade, faltam duas rodadas para o fim da primeira fase e, depois, irá restar a fase mata-mata. Ou seja, terão seis datas para a conclusão do estadual.

O Campeonato Paulista ainda não tem uma data prévia para retornar. Doria disse que procurará o presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos, na próxima semana para planejar e anunciar uma data de retomada do campeonato.

“Até o final da semana que vem, no mais tardar, teremos uma posição relativamente à conclusão do Campeonato Paulista”, disse Doria.

Segundo o governador, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não consultou o governo de São Paulo sobre a volta do campeonato nacional. Corinthians, Palmeiras, Santos, Bragantino e São Paulo são os clubes que jogarão a Série A do Brasileirão em 2020.

“Não houve consulta prévia ao Estado de São Paulo, mas aqui temos um bom entendimento com a Federação Paulista de Futebol, entendimento esse que prossegue”, concluiu.

Os clubes da capital retornaram às atividades com bola na última semana, especificamente na quarta-feira (1º). De acordo com a matéria do UOL Esporte, a CBF pressupõe que o Brasileirão comece no dia 8 de agosto.

Postar um comentário

0 Comentários